sábado, 20 de agosto de 2016

ENCONTRO NACIONAL DE AGENESIA, FAMILIARES E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA



O "I ENCONTRO NACIONAL DE AGENESIA, FAMILIARES E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA - Rede de Apoio à Diferença de Membros Superiores e Inferiores" tem o objetivo de realizar palestras e apresentar propostas que envolvem os principais aspectos relacionados com educação, saúde, esporte, política e direitos da Pessoa com Deficiência, visando a participação direta dos pais, associados e profissionais – médico geneticista, psicólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, equipe do Projeto de impressão 3D e doação de dispositivos de apoio protéticos, especialistas relacionadas à inclusão, acessibilidade da Pessoa com Deficiência, além do Fórum de Discussão e oficinas de recreação com as crianças e voluntários das entidades. 

Este evento é promovido pela ASSOCIAÇÃO DAR A MÃO e será realizado nos dias 16 e 17 de Setembro de 2016, no Auditório do Campus Garcez da Uninter, localizado à Rua Luiz Xavier, n. 103, Centro, Curitiba, PR.

- PALESTRAS

- Apresentação da ASSOCIAÇÃO DAR A MÃO

- Associações, Instituições e Projetos Multiplicadores por determinação e dedicação de Mães.

- Doenças raras e genéticas: Conceitos, pós diagnóstico, acompanhamento e conscientização.

- Novo Marco Regulatório para o Terceiro Setor, em vigência a partir de 2016.

- Experiências e a realização profissional.
Palestra-1: Transformando dor em luta.
Palestra-2: Saúde em todas as perspectivas.

- Qualidade de vida e estimulação de crianças com agenesia de membros.

- Os caminhos da reabilitação e acessibilidade.
Palestra-1: Procedimentos para o atendimento da pessoa com deficiência na reabilitação clínica.
Palestra-2: Acessibilidade: um caminho para todos.

- Elaboração de dispositivos de apoio protético, mioelétrico e serviços de reabilitação.


- FÓRUNS DE DISCUSSÃO

- Fórum de discussão A 
Dispositivos de apoio e a equipe multidisciplinar: conquistas e desafios.

- Fórum de discussão B 
Inclusão Escolar, encaminhamento profissional, empregabilidade e constituição familiar.



- PARCEIROS:
- Comissão de Acessibilidade Lions Clube Batel
- Escola Superior de Saúde Meio Ambiente Sustentabilidade e Humanidade do GRUPO UNINTER
- GRUPO UNINTER
- NPOTA - Núcleo de Pesquisa de Produtos Orientados para Tecnologia Assistiva do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Sistemas – PUCPR
- Setor Educação da UFPR
- SIANEE - Serviço de Inclusão e Atendimento aos Alunos com Necessidades Educacionais Especiais do GRUPO UNINTER

- APOIO:

- AFAG Associação dos Familiares, Amigos e Portadores de Doenças Graves
- Ambulatório da Síndrome de Down do HC/UFPR
- LIA Lazer, Inclusão e Acessibilidade
- OBADIN Organização Brasileira de Apoio às Pessoas com Doenças Neuromusculares e Raras
- REVIVER Down


• PROGRAMAÇÃO:
- 16 de Setembro: Inscrição e Credenciamento, Lanche de Boas-vindas – Compartilhado, Abertura, Mesa diretora e apresentação dos convidados especiais e apoiadores, PARABÉNS – Comemoração de 1 ano da ASSOCIAÇÃO DAR A MÃO.
- Horário: 18:00h às 22:00h

- 17 de Setembro: 
Credenciamento, Mesa diretora, discussões temáticas/Palestras e Fórum
- Horário: 07:30h às 18:30h

Dúvidas, contato: associacaodaramao@gmail.com - (43) 9846-9220.

Inscrições:
http://goo.gl/NgIBj7 


CERTIFICADOS PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ/UNINTER











Arquivo da Programação no link:




Link do EVENTO FACEBOOK:



Reportagem sobre o evento: I ENCONTRO NACIONAL DE AGENESIA, FAMILIARES E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA e a ASSOCIAÇÃO DAR A MÃO:



Projeto Dar a Mão promove I Encontro Nacional de Agenesia
Posted on 15 de setembro de 2016

Dara, de três anos, nasceu com agenesia de mão, sem os dedos e parte da mão direita, devido à Síndrome da Brida Amniótica. A mãe, Geane Poteriko, que não recebeu todo auxílio necessário para saber como lidar com a situação da pequena, começou a pesquisar sobre o assunto e descobriu que assim como ela, diversas famílias também conviviam com muitas dúvidas. Foi então que a Dara se tornou inspiração para a criação do projeto Dar a Mão.
A Associação Dar a Mão foi inaugurada em 2015, com o objetivo de conscientizar e sensibilizar a sociedade sobre as diferenças de membro, já que a agenesia pode afetar diversas partes do corpo, e apoiar os familiares de crianças, adolescentes ou indivíduos com diferenças físicas.
Neste mês, a Associação completará um ano de existência e para celebrar a data, nos dias 16 e 17 de setembro, haverá o I Encontro nacional de Agenesia, familiares e pessoas com deficiência,evento que reunirá especialistas e membros da sociedade para discutir sobre estímulos, qualidade de vida, deficiências, acessibilidade e educação para pessoas com deficiência. Promovido pela Associação Dar a Mão, o encontro será realizado no campus Garcez da UNINTER, em Curitiba (PR).

Atualmente, a Dar a Mão é composta por um grupo de parceiros, voluntários, mães e familiares de crianças, adolescentes ou indivíduos nascidos com agenesia.  Segundo Geane, que também é presidente do projeto, a essência da associação é oferecer informações médicas e recursos aos pais e familiares, além da conscientização e sensibilização sobre as diferenças de membros (realização de campanhas) e a divulgação sobre o que é Síndrome da Brida Amniótica, diagnóstico, acompanhamento, implicações, entre outras informações importantes sobre esta condição rara.
Segundo o site Tua Saúde, as bridas amnióticas são faixas ou cordões que surgem devido a um traumatismo e que podem levar a lesões, comprometimento visual e deformidades no rosto, tronco, braços, pernas, mãos ou pés. Está condição afeta um a cada 1500 nascimentos no mundo e pode ser descoberta durante a gestação.

SERVIÇO

Para participar do I Encontro nacional de Agenesia, familiares e pessoas com deficiência, basta fazer a inscrição através da ficha online. Haverá certificação de participação pela UFPR e UNINTER.